fbpx

Carregando, aguarde...

18 de junho de 2013

Da Bravata de Churrasco para a Ação Cidadã

Da Bravata de Churrasco para a Ação Cidadã

A onda de manifestações e protestos me fez sair de um ano de silêncio em meus artigos e comentários nesse blog.


 

Tenho assistido e vivido muita verborragia da cerveja ou bravata do churrasco. Sabe aquele momento da mesa do almoço ou encontro de amigos em que todos tem sua opinião política do que devia estar sendo feito e da crítica ao governante de plantão?

Independente de viés, lado ou cor política, é comum assistirmos a essa cena. Presenciei na família dia desses. Um parente próximo dizia que se a manifestação fosse “aqui” na cidade dele ele iria. Pois bem, agora chegou e está chegando em nossa e em quase todas as cidades. Vamos ver quem vai sair da Bravata do Churrasco e ir para a Ação Cidadã de alguma forma.

Pois muito falamos em churrascos e conversas de amigo e pouco fazemos como brasileiros para mudar nosso status quo.

Vivi isso quando fui candidato e tantos e tantos “amigos” se afastaram, criticaram ou simplesmente não ajudaram pois “Não se envolvem em política” ou não gostam desse ou daquele partido.

O povo está escolhendo ir para as ruas e isso tem me deixado extremamente emocionado e feliz. Pois ir para as ruas é a primeira forma de manifestação política. É um sinal claro do despertar.
Pouco importa o motivo inicial, o passe de ônibus, a violência da polícia. O que estou achando lindo e emocionante é uma Nação acordar e parar de aceitar todo o desmando que temos vivido.
Se estamos tendo tantas mazelas em nossa sociedade, como a corrupção, a impunidade, o aumento constante da carga tributária em função dos aumentos do custo da máquina pública, a crescente onda de leis como a PEC 37, que quer tirar do MP a prerrogativa de investigar políticos com mandato é porque muita coisa está errada. E porque temos aceitado.

E muito se atribui aos governantes, políticos seja de que cor, ideologia ou lado partidário. Mas em minha visão, a “culpa” é só nossa. Nossa de cada brasileiro que vota, que elege esse pessoal. De cada brasileiro conivente ou oportunista quando é ele envolvido em algum esquema. De cada um de nós que se cala.

O que precisamos é mais consciência e cidadania. Mais educação cidadã. E se for necessário tomar as ruas para que esse sentimento invada a alma de todos nós, que assim seja…

Esse é meu desejo. Essa minha emoção em ver as ruas lotadas de irmãos nascidos nessa Pátria.

E eu a partir de hoje me junto aos movimentos e manifestações pacíficas.

Que venha a Nova Era. Acordem e Progresso.